Consumo de combustível de caminhão: como calcular e definir o frete?

Sem Parar Empresas: Posto de abastecimento com grande veículo pesado que passou pelo processo de calcular consumo de combustível de caminhão

Existem diversos fatores que podem impactar no valor do frete. Eles englobam desde os pedágios até os custos operacionais do veículo. E o caminhoneiro autônomo precisa considerar cada um deles. Nesse sentido, um dos gastos que mais influenciam, sem dúvida, é o consumo de combustível do caminhão. Vamos entender como calculá-lo?

Como o combustível impacta no frete?

Para os caminhoneiros autônomos, calcular frete de maneira correta é um dos pontos mais importantes para manter o lucro e, ainda assim, oferecer preços competitivos. E, para isso, é preciso elencar variáveis como distância percorrida, tipo de carga, tempo estimado do percurso, entre outros. 

Nesse sentido, o combustível se destaca como um dos pontos que mais afetam o custo final, desempenhando um papel importante nesse cálculo. O primeiro passo é entender o consumo médio do veículo – que pode variar conforme a rota, as condições da estrada e até o peso total da carga. Outro fator que deve ser considerado é a variabilidade de preço do combustível ao longo do percurso, impactando diretamente nos custos totais e, consequentemente, no valor do frete que será cobrado. 

 

Como calcular consumo de combustível de caminhão?

Como você viu, a flutuação nos preços do combustível é apenas um dos aspectos que deve ser levado em conta. Por isso, é essencial fazer um cálculo preciso, que se aproxime ao máximo dos custos na prática. 

Confira, a seguir, um passo a passo completo que vai te ajudar nesse processo: 

  1. Anote os dados
    Nessa primeira etapa, é importante se atentar a dois números principais: a quilometragem percorrida por um determinado período de tempo e quantidade de combustível consumido (em litros) nesse percurso. 

  2. Calcule a média de consumo
    Agora basta fazer um cálculo simples, expresso pela seguinte fórmula:
    Consumo = quilometragem/quantidade de combustível consumida.
    Ou seja, se você percorreu 150 km e gastou 30 litros de combustível, seu consumo é de 5 km/L. Isso significa que seu caminhão percorre 5 km por litro. 

  3. Use essa média como base
    Sabendo seu consumo por quilometragem, fica mais fácil saber quanto será o seu gasto para uma determinada distância. Por exemplo, se você tiver que percorrer uma distância de 100 km, sabendo que seu consumo médio é de 5 km/L, você já sabe que precisará de 20 litros para fazer o percurso. Agora é só multiplicar esse valor pelo preço médio do combustível. Considerando o valor médio do diesel a R$6 por litro, nesse caso, o custo seria de 20X6 = R$120. 


Dica: se possível, colete os dados e anote as informações sobre o peso da carga e a velocidade média de cada viagem. Assim, você pode comparar como isso muda em situações diferentes. Por exemplo, um caminho com cargas mais pesadas provavelmente terá um gasto médio mais alto e, ao anotar, você conseguirá saber o quão maior é esse consumo para cada quilo a mais.

Outro ponto é contar com aplicativos no seu smartphone que te indiquem o preço do combustível para que você trabalhe sempre com valores atualizados, evitando prejuízos. 

 

Como reduzir o consumo de combustível de caminhão?

Assim como a precificação correta, a eficiência no uso de combustível é fundamental para garantir lucratividade e sustentabilidade financeira para seu serviço de transporte. 

Felizmente, existem boas práticas que ajudam nessa economia. Confira: 

  • Manutenção do veículo: peças em dia não forçam o motor. Logo, o consumo de combustível não é afetado. Para isso, é preciso fazer a manutenção periódica e verificar itens como filtros de ar, óleo e combustível, manter pneus calibrados etc. 

  • Dirigir de forma eficiente: você sabia que a maneira de conduzir o caminhão também afeta o consumo de combustível? Para isso, evite acelerar e frear bruscamente, assim como usar a técnica de “ponto morto”. Outra questão é permanecer em uma velocidade constante, que pode ajudar a economizar. Por fim, evite manter a marcha lenta em períodos prolongados. Nesses casos, a recomendação é desligar o motor. 

  • Peso da carga: excesso de peso aumenta o consumo de combustível, além de acelerar o desgaste e até mesmo colocar sua segurança em risco. Respeite sempre o limite do seu veículo. 

  • Planejamento da rota: evitar trechos com muitas paradas e congestionamentos pode fazer toda a diferença. Nesse sentido, usar a tecnologia é primordial para calcular rotas de maneira inteligente.
     
  • Uso de acessórios: alguns equipamentos podem ajudar a melhorar a aerodinâmica do veículo. Um exemplo são os defletores de ar, que reduzem a resistência e, consequentemente, ajudam na redução do consumo de combustível do caminhão. 

  • Manutenção do sistema de combustível: filtros e injetores limpos também contribuem para uma combustão eficiente. Por isso, não deixe de revisar esses itens. 

🚚 Conheça seus direitos com esse guia completo sobre contratação de TAC Caminhoneiro.

 

Otimize o consumo de combustível de caminhão!

Definitivamente, o cálculo correto de combustível é um dos fatores indispensáveis na precificação, garantindo que você cobre um valor de frete justo. Entender e controlar esse custo faz parte dos pilares para uma operação lucrativa e competitiva. 

Além disso, conhecer soluções que te ajudam numa melhor administração financeira, como roteirizadores e carteira digital para caminhoneiros, pode ser um divisor de águas para o seu negócio. Entenda mais sobre o tema e tenha resultados cada vez melhores! 

New call-to-action

Destaques

Você sabe a diferença entre frete CIF e FOB? Leia o post e descubra!
Sem Parar Empresas: Você sabe a diferença entre frete CIF e FOB? Leia o post e descubra!
12 - Março - 2021

Você sabe a diferença entre frete CIF e FOB? Leia o post e descubra!

A gestão de frotas costuma ser um trabalho massivo, afinal o setor é composto por um enorme conjunto de leis, normas e procedimentos, exigin…

Receba nossa newsletter

Gestão de benefícios