Como administrar benefícios flexíveis de alimentação?

Sem Parar Empresas: mulher em supermercado olhando seu celular para conferir os saldos dos benefícios flexíveis para pagamento da compra

A gestão eficiente de benefícios é uma prática cada vez mais relevante para empresas que buscam promover o bem-estar de seus colaboradores. Nesse sentido, o auxílio alimentação é um dos mais esperados pelos profissionais do mercado, mesmo não sendo uma obrigatoriedade legal.

No entanto, a escolha do tipo de ajuda de custo pode ser um desafio para profissionais de RH, pois há diferentes alternativas no mercado e cada colaborador pode preferir uma opção diferente. Como então fazer dos benefícios flexíveis uma opção destinada à alimentação que atenda às regras do Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT)?

 

As várias possibilidades de auxílio alimentação

Quando se trata de auxílio alimentação, o RH se depara com uma variedade de modalidades, cada uma atendendo a diferentes necessidades e perfis de colaboradores. Entre as opções mais comuns estão:

  • Cesta básica

É uma cesta composta por alimentos essenciais do dia a dia. Essa alternativa garante que os colaboradores tenham os itens básicos de alimentação em mãos, mas pode limitar quanto à variedade de escolha, podendo não atender a preferências individuais e/ou restrições.

  • Vale-refeição

O vale-refeição é projetado para subsidiar as despesas com refeições durante o expediente de trabalho. Essa modalidade é usada como meio de pagamento em restaurantes ou lanchonetes, permitindo uma refeição no local ou por meio de delivery. 

  • Vale-alimentação

O vale-alimentação é direcionado para a aquisição de alimentos em estabelecimentos como supermercados e mercearias. Diferentemente do vale-refeição, o auxílio permite que os colaboradores escolham produtos para preparo em casa. 

  • Refeitório

Algumas empresas possuem refeitórios internos, garantindo aos colaboradores acesso a refeições preparadas no local de trabalho. Essa opção pode ser conveniente principalmente para organizações que buscam promover a interação entre os membros da equipe. 

Cada um dos auxílios tem suas vantagens, mas também tem suas limitações. Por isso, em ambientes com colaboradores de perfis diversos, a escolha pode se tornar um verdadeiro desafio para o departamento de Recursos Humanos.

 

Benefícios flexíveis como alternativa

Uma alternativa eficaz para contornar os desafios de oferecer apenas um tipo de auxílio alimentação é a implementação de benefícios flexíveis. Essa modalidade permite que os colaboradores escolham entre diversas categorias de gastos, como papelaria, educação e, claro, alimentação. 

No entanto, cartões flexíveis muito amplos podem ser confusos aos colaboradores e complexos de administrar para o RH. Além disso, para atender às regras do PAT, a empresa deve oferecer um auxílio exclusivamente direcionado à compra de alimentos ou refeições - caso contrário, perde os benefícios fiscais do programa.

 

Benefícios flexíveis exclusivos para alimentação

Uma solução que equilibra a flexibilidade aos colaboradores, a praticidade na gestão e as regras do PAT e cartão alimentação é oferecer um auxílio que contemple VA e VR no mesmo chip - mas sem outras categorias diversas. 

Isso permite que os colaboradores utilizem o cartão de forma flexível, mas sempre direcionada para fins alimentares. Essa abordagem é especialmente relevante para empresas com uma equipe diversificada, em que as preferências individuais podem variar significativamente. Além disso, torna-se um cartão a menos na carteira de cada usuário.

Já o RH, ganha a praticidade de administrar o benefício em uma mesma plataforma, bem como recorrer sempre ao mesmo fornecedor. Essa possibilidade pode ser usufruída no Cartão FLEX Sem Parar Empresas, que é VA e VR, aceito pelo PAT e flexível aos colaboradores.

💡Quer conhecer mais boas práticas para simplificar sua rotina profissional? Confira nossas dicas para uma Gestão de Recursos Humanos   eficaz.

 

Inclua benefícios flexíveis na sua empresa!

A flexibilidade oferecida pelo cartão que combina vale-alimentação e vale-refeição em um único chip proporciona uma solução equilibrada, permitindo que empresas de todos os tamanhos atendam de maneira mais assertiva às demandas variadas de sua equipe.

E não se esqueça: incluir benefícios flexíveis na sua empresa não apenas melhora a satisfação dos colaboradores, mas também facilita o trabalho dos gestores. Por isso, continue explorando boas práticas administrativas que agradam colaboradores e simplificam a rotina do RH, promovendo um ambiente de trabalho mais saudável e produtivo.

 

New call-to-action

Destaques

Síndrome de burnout: tudo o que você precisa saber sobre o tema
Sem Parar Empresas: Síndrome de burnout: tudo o que você precisa saber sobre o tema
8 - Junho - 2020

Síndrome de burnout: tudo o que você precisa saber sobre o tema

Trabalhar bastante, se preocupar com entregas e prazos, respeitar seus próprios limites e ainda lidar com o estresse do dia a dia — o que tu…

Receba nossa newsletter

Gestão de veículos